QUANDO?

 

 

            Muitas vezes nos perguntamos quando as coisas irão melhorar. Entra ano e sai ano e tudo permanece como sempre foi. Muitos fazem resoluções de ano novo, mas ficam apenas nos desejos como se esfregassem uma lâmpada e dela saísse um gênio para atender aos pedidos de cada um.

           

            Alguns fazem preces pedindo graças e se esquecem de perguntar a Deus o que Ele espera de nós. E assim vamos esperando, esperando e esperando. Na virada do ano, muita alegria e, talvez, um pouco de esperança. Mas a curtição provoca os excessos e aí você vê que tudo continua igual. O ano mudou, mas o resto continua do jeito que sempre foi, ou até pior.

 

            A vida é feita de escolhas e as pessoas sempre escolhem o jeito mais fácil de viver. Estudam para ser alguém na vida, trabalham para ganhar dinheiro e ter poder. Ter, ter, ter. Alguns até conseguem, mas se esquecem de Ser.

 

            O poder que algumas pessoas, ou muitas, desejam é ter dinheiro, entrar na política e mandar. Esse poder é efêmero, dura pouco, muito pouco. O verdadeiro poder está dentro de cada um e começa com o autoconhecimento. Quando você aprende a ser quem você é e passa a viver como você é, você adquire o poder. Esse poder é muito forte, você pode adquirir um carro de luxo, tem dinheiro para isso, mas você se abstém e aí você demonstra ter o poder. Quer beber ou fumar, você pode, mas se abstém. Ter o poder e se abster é poder duas vezes. Poucos têm esse poder.

 

            Muitos querem mudar o mundo, falam que desejam a paz mundial, mas agridem o próximo. Não se sabe ao certo quem disse que é mais fácil amar a humanidade do que amar o próximo. Uns dizem que foi Henry Ford, outros dizem que foi o italiano Luciano De Crescenzo, mas não importa a autoria, importa o conteúdo.

 

            Bernard Shaw disse para se ter “cuidado com o falso conhecimento; ele é mais perigoso que a ignorância”. Conhecer-se não é uma tarefa fácil, e o processo para autoconhecer-se é duro e penoso, muitos pensam que adquirem o conhecimento através dos livros. Não adianta ler muitos livros, é preciso ler livros bons, discutir as ideias de grandes pensadores que passaram pela humanidade como Buda, Cristo, Platão e tantos outros. Quando você muda a si próprio, você começa a mudar o próximo e a bola de neve vai crescendo cada vez mais e este é o caminho para o mundo bem melhor.

 

            Por que ter preconceitos raciais, sociais e intelectuais. Se você for forte, ajude o mais fraco, elimine os preconceitos que você adquiriu por influência dos pais ou de amigos. Mostre seu poder.

 

Ivan Jubert Guimarães

 

01/01/2018

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, LIBERDADE, Homem, de 56 a 65 anos, English, French, Livros, Cinema e vídeo
MSN -